Resenha: Ninfeias Negras - Michel Bussi

Sinopse: Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, Claude Monet, um dos maiores nomes do Impressionismo, a imortalizou em seus quadros, com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho. É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista. Como numa tela impressionista, as pinceladas da narrativa se confundem para, enfim, darem forma a uma história envolvente de morte e mistério em que cada personagem é um enigma à parte - principalmente as protagonistas. Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.

Giverny é uma cidade situada a 75 km de Paris. Por 43 anos, de 1883 a 1926, foi o lar do pintor impressionista Claude Monet. Inspirado pela paisagem de sua propriedade, ele pintou a famosa série de quadros "Nenúfares". Neles, ao longo de trinta anos, as flores, o laguinho e a tão conhecida ponte japonesa foram retratados centenas de vezes. Nas mãos de Michel Bussi, a paisagem linda, tranquila e tão visitada por turistas de todos os cantos do mundo virou palco de um assassinato intrigante.


Jérôme Morval, respeitado oftalmologista, foi encontrado morto. Após ser apunhalado no coração, teve a cabeça esmagada por uma pedra e o rosto submerso na água do lago. Em seu bolso, um cartão-postal com a reprodução de uma das ninfeias de Monet, uma mensagem de aniversário e uma tira de papel colada com a frase "O crime de sonhar eu consinto que seja instaurado". Essa morte em três etapas faz parte de algum ritual? Para quem era destinado o postal? O que quer dizer a frase que, a princípio, ninguém sabe de onde saiu? Alguém tinha motivos para querer o médico morto? Essas e outras perguntas surgem durante a investigação do inspetor Laurenç Sérénac e de seu assistente Sylvio Bénavides.

A tentativa de elucidar o crime caminha em três direções possíveis: alguma ligação com tráfico de arte, já que Morval era amante de pintura e das Ninfeias; crianças, devido ao conteúdo do postal, e, por fim, um crime passional, pois o médico era conhecido por sua fama de mulherengo e por trair a esposa, Patricia Morval. 

Conforme a narrativa e a investigação se desenrolam, conhecemos melhor as três protagonistas da trama. A menina Fanette Morelle, prestes a completar onze anos, mora com a mãe, nunca conheceu o pai e é uma talentosíssima pintora. Bonita, atrai olhares de vários meninos da escola, mas sua atenção é quase toda voltada para a pintura; disseram a ela que pintores precisam ser egoístas às vezes. Stéphanie Dupain é a escultural professora da escola da cidade. Vive um casamento sem amor e tem muita vontade de sair de Giverny. Dizem que era um dos alvos de Morval e que seu marido é muito ciumento. Por último, temos uma idosa de mais de oitenta anos, quase viúva e cujo nome não é mencionado. Ela caminha pela cidade quase despercebida, observa muitas coisas do alto de sua janela e parece saber muito sobre cada morador do local.

Pistas e novas informações chegam o tempo todo para o leitor e para os inspetores, mas quando colocadas todas juntas nada faz muito sentido. Qualquer linha que se tente seguir, qualquer resolução que se pense em dar parecem forçadas demais, as peças não encaixam bem. Fui criando várias teorias ao longo da leitura, elegendo meus suspeitos, mas sempre faltava algo para que eu batesse o martelo. Em muitos momentos os inspetores se sentiram assim também, como se alguém estivesse brincando com eles ou como se toda a cidade guardasse um grande segredo. 

Dividido em 14 capítulos, o livro é narrado em sua maior parte em terceira pessoa, mas daquela maneira que ainda assim nos deixa muito próximos dos pensamentos dos personagens. Apenas uma personagem tem voz ativa e chega até mesmo a conversar diretamente com o leitor, nossa misteriosa idosa viúva. Me perguntei muitas vezes se ela era boa ou má e qual era o seu papel em tudo aquilo. Os trechos narrados por ela aumentam ainda mais o suspense e a curiosidade.

O ritmo da história é mais lento, as pistas são examinadas com cuidado, as informações são investigadas minuciosamente e há até espaço para explicações sobre Monet e suas obras. Em nenhum momento essas coisas me incomodaram, Michel Bussi tem uma escrita inteligente e foi um prazer acompanhar cada linha. A cidade de Giverny como um todo, a casa de Monet e seus jardins também são bastante explorados, tornando a ambientação encantadora. É quase impossível terminar a leitura sem sentir vontade de conhecer o lugar.

Uma das coisas que mais me intrigava era a ligação entre as três mulheres. A sensação de que eu estava deixando algo passar, que não estava juntando as coisas corretamente era constante. Mas é que o autor tinha uma carta na manga que eu sequer imaginava... Apesar da inevitável reação "Como eu não vi isso?", adoro ser surpreendida. E fui, de uma maneira genial. Depois de ter cada detalhe esclarecido, voltei algumas páginas. Estava quase tudo lá!

Chegar ao fim de um livro e sentir que todas as respostas foram dadas e que nenhuma ponta solta foi deixada para trás é uma das melhores sensações para um leitor. Cheio de tramas interligadas, suspense e segredos, Ninfeias negras me deixou presa do início ao fim. E como valeu a pena!

*Exemplar cedido pela editora.

34 comentários:

  1. Oi Carla, tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar no livro, mas adorei a proposta.
    Gosto de livros de investigação e gosto mais ainda quando o autor junta as pontas direitinho, surpreendendo o leitor.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carla!
    Estou tentando imaginar como essas três mulheres tão diferentes estão ligadas e o que tudo isso tem a ver com o assassinato. Só isso foi o suficiente pra querer me fazer ler o livro e descobrir logo essas respostas.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  3. Para tudo! Mentira que o livro se passa em Giverny?? Eu sonho com o dia que vou poder visitar esse lugar! Conheci o trabalho do Monet na escola, na aula de Artes. Tinha um livro trabalhado pela professora que a capa era justamente a ponte japonesa, com o lago embaixo e as flores. Só por isso eu já leria o livro. Sua resenha me deixou pensando mil coisas, mas já percebi que minhas teorias devem estar todas erradas! Kkkkkkk! Quero muito ler e descobrir tudo o que aconteceu e saber qual a tal carta na manga do autor. Ele tem outro livro publicado aqui que também é super elogiado, não lembro o nome. Bjks!

    ResponderExcluir
  4. Oiii Carla!

    No começo esse livro nem me chamava a atenção, achava que tinha jeitão de thriller mais parado. Mas agora com a sua resenha, volto à pensar duas vezes e acho que realmente posso gostar tb dessa leitura. Fica anotado na minha lista

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla!! Tudo bem?
    Estou louca para ler esse livro desde que foi lançado! Gosto muito de livros assim e estou ansiosa para saber se eu vou gostar deste. Parabéns pela resenha! Muito bem explicada!
    Sonho Inverossímil

    ResponderExcluir
  6. Oi Carla!
    Eu estou lendo esse livro agora e estou bem curiosa para saber como irá terminar. Estou na página 150 e até agora só vi mistérios.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carla.
    Não conhecia o livro, mas já quero ler pra ontem.
    Amo quando o autor te deixa curioso com os fatos e chega no final realmente tudo é esclarecido como você disse.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    não conhecia o livro e confesso que a capa não me chama atenção.
    Mas gostei bastante da resenha

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderExcluir
  9. Oi Carla! Quem está lendo lá no blog é a Marise e ela está adorando. realmente um livro de suspense tão detalhado deve ser ótimo e nada como ter tudo solucionado no final. Fiquei tb com vontade de conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Olá, Carla.
    Eu adorei esse livro. Tinha lido algumas resenhas falando que ele era muito parado, mas eu gostei mesmo assim. E como disse lá na minha resenha já tinha lido um livro com essa mesma ideia, mas só a ideia porque o resto foi bem diferente. Para quem gosta de ser surpreendido no final, esse é o livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Ai Dells preciso ler esse livro logo.
    Ele tem um suspenso em torno delas muito bom.
    Mesmo o ritimo da narrativa sendo lendo, acho que vou gostar de qualquer forma.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  12. Oi! Parabéns pela resenha, por agora o livro não me chamou a atenção. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  13. Oi Carla! Só vejo este livro nos blogs que visito, acabei pegando em e-book de tão curiosa que fiquei. Espero gostar.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Achei incrível essa história. Geralmente, sou um pouco medrosa com livros de suspense, mas esse parece ser daqueles bem inteligentes, que prendem a atenção do leitor e deixam a gente curioso para desvendar os mistérios.
    Adorei sua resenha! Conseguiu despertar minha atenção e já anotei a dica. Minha listinha de livros desejados acabou de aumentar kkkk.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. olá!
    Estou super ansiosa para ler esse livro. Está aqui na minha pilha.
    Sua resenha despertou ainda mais a minha curiosidade. Penso até em passar ele na frente de outras leituras.
    Ótima dica .
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi, Carla. Não fazia ideia do que o livro falava mas fiquei bastante surpreendida com o enredo. Eu não leio muito o gênero mas fiquei encantada com a premissa do livro, por isso adicionei a lista de leituras.
    Beijo! http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Carla ^^
    Nossa, só posso dizer que estou desejando essa obra após a leitura de suas impressões!!!
    Gosto bastante de enredos policiais então não me admira o livro chamar atenção por tal fato. As três protagonistas servem para confundir ainda mais a cabeça do leitor que vai criar várias teorias para solucionar o crime.
    Fico feliz em saber que você errou na sua teoria, pois isso demonstra que o autor consegue fisgar o leitor, de fato, e direcioná-lo para uma armadilha muito da bem elaborada. <3
    Não vejo a hora de ler tal obra.
    Parabéns pela resenha maravilhosa e por fazer meu coração palpitar na ansiedade dessa leitura. ^^
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Nossa, essa história parece ser super envolvente e ao mesmo tempo meio impactante. Não sou muito de ler livros/histórias mais voltadas para o tema policial, mas me deu curiosidade esse :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Carla! Desde o lançamento, fiquei mega interessada por esse livro. Estava super curiosa para saber opiniões a respeito, adorei ler sua resenha e conhecer mais sobre o enredo.
    Com toda certeza, vai para a lista de desejos.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Obaaaa, ainda bem que não tem ponta solta, é a minha próxima leitura, recebi recentemente da editora, veio numa caixa linda e eu curti muito o enredo, mas vou ler rápido para evitar os excessos de resenhas. Essa é a primeira resenha que vejo do livro ^^

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bem?
    Essa é a segunda resenha que leio sobre esse livro e foi nessa segunda vez que decidi adicionar de vez a minha lista de livros para ler. Você conseguiu expressar bem toda a essência da história e eu me senti envolvida nela. Fora que amo suspenses, então tenho certeza que vou gostar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. UAU!
    Pelo jeito este foi um daqueles livros que valem a pena serem lidos. Comecei a ler sua resenha sem grandes expectativas, mas a forma como colocou, que o enredo é ótimo e o autor dá todas as respostas sem deixar pontas soltas, mesmo que você passe o livro inteiro tentando adivinhar tudo, me deixou com vontade de efetuar a leitura. Vai para a Wishlist

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  23. Ninfeias foi uma leitura incrível. Confesso que pensei que o enredo não ia dar em nada, diante de tantas perguntas sem respostas, mas o autor me surpreendeu com o final.
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?

    É a segunda resenha positiva que leio do livro (e únicas resenhas que já li, rs). Ainda tô com vontade de ler, porque achei as protagonistas bem diferentes e o fato de ter o período impressionista no decorrer da história já me deixa bem feliz (é meu período artístico preferido <3).
    Mas eu tenho um grande problema com suspenses literários, pois eles acabam me irritando por serem, como você disse este livro ser, lentos. Ainda tô com o pé atrás e ainda não decidi que quero mesmo ler, rs.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Oie tudo bem?
    Já ouvi falar muito desse livro, mas nunca tive vontade de ler sabe, não curto muito 3 pessoa e prefiro mais romances e distopias...
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá,

    Nunca li nada do autor, apesar de ter o desejo de conhecê-lo, quando esse livro foi lançado não me senti atraída por ele, mas estou lendo tantos comentários positivos, que a curiosidade bateu pesada hahaha. Achei essa capa mega criativa e linda. Gostaria muito de fazer essa leitura em breve.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Ai, Carla, eu estou louca por esse livro e sei que vou gostar da leitura. Esse gênero é o meu preferido e esse livro parece ser excelente, gostei da sua resenha e não vejo a hora de ler o meu.

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo bem?
    Confesso que esse gênero não faz muito meu estilo por isso vou deixar a dica passar. No inicio me interessei pela premissa e a sua resenha me deixou ainda mais curiosa, mas em meio a lista de livros que tenho que comprar não acredito que esse ganhe muito destaque. Quem sabe depois né? Beijos

    ResponderExcluir
  29. Olá, tudo bem?

    Eu nunca li nada do Michel Bussi, aliás acho que não conhecia esse livro. A premissa é interessante e sua resenha me deixou curioso sobre o livro, porém no momento não pretendo comprar, ler essa obra. Vou pesquisar mais sobre o livro.
    Bjuss

    ResponderExcluir
  30. Olá, tudo bem? Nunca li nada do autor, mas vi a divulgação massa que a Arqueiro fez do livro e fiquei interessada. Único problema é que acho que tem suspense demais e não sou muito fã não. Mesmo com isso darei uma chance. Adorei a sua resenha, mostrando os pontos negativos e positivos.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Olá! Ainda não conhecia o livro. Tem uma temática bem diferente. É possível que atraia o interesse de muitos leitores. Ficou muito boa a resenha, bem direta e sincera. bjoooooooooo

    ResponderExcluir
  32. olha, eu curto um suspense, essa história parece ser bem intricada,do jeito que gosto.mas só pela referência a Monet já leria sem pensar duas vezes *--*
    vou anotar na wishlist... :D
    bjs...

    ResponderExcluir
  33. Olá!
    Ando vendo muitas resenhas positivas dessa obra e estou com muita curiosidade em conferir, principalmente porque curto um bom suspense e esse livro parece estar repleto dele. Dica mais que anotada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  34. esse livro está na minha lista de compras desse ano!! eu não imaginava pela sinopse do que se tratava, mas após ler a resenha entendi e fiquei bem curiosa. É o tipo de livro que estou precisando: cheio de suspense e misterio.
    mal posso esperar para começar a ler!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo