Resenha: Cisne - Eleonor Hertzog

Sinopse: Ninguém sabe exatamente quais são os critérios de seleção da Escola Avançada de Champ-Bleux, mas não há como discutir sua eficácia. Seus exames de ingresso não erram nunca! Entre milhares de candidatos de todos os pontos da Terra, apenas duzentos e cinquenta são escolhidos a cada semestre. E, num mundo onde ser cientista é o maior status que alguém pode desejar, a Escola Avançada de Champ-Bleux forma aqueles que são disputados a peso de ouro. Doris e Henry Melbourne são cientistas formados por Champ-Bleux. Aparentemente, são biólogos marinhos. Aparentemente, suas vidas se centram no Cisne, barco de pesquisas onde moram com os filhos. E, também aparentemente, são terráqueos... Seus filhos acreditam em todas essas aparências – ao menos por enquanto. Seguindo os passos dos pais, os jovens Melbourne fizeram os exames de ingresso para Champ-Bleux. Enquanto, cheios de expectativa, aguardam os resultados para saber se ao menos um deles entrou na Escola Avançada, veem-se envolvidos numa questão diplomática entre Terra e Tarilian, o único outro mundo habitado que os terráqueos conhecem. Inesperadamente, o futuro das relações entre os dois mundos vai ser decidido em um barco no meio do oceano! Mal sabem eles que isso é apenas o começo... Logo precisarão decidir pela Terra inteira!

Em Cisne, Eleonor Hertzog convida o leitor a conhecer o barco que dá título ao livro e seus numerosos ocupantes: o casal de cientistas Henry e Doris Melbourne e seus filhos Teo, Ted, Tim, Tom, Pam, Lis, Bobby e Peggy, essa última adotada pelo casal após ter perdido os pais. Formados pela Escola Avançada de Champ-Bleux, Henry e Doris têm o Cisne como barco de pesquisas e casa.

Os primeiros capítulos nos colocam dentro do Cisne. Conhecemos a rotina da tripulação - todas as atividades são realizadas pelo casal e seus filhos - e um pouco da personalidade de cada um deles. Apesar de muito responsáveis, os jovens Melbourne também têm atitudes e brincadeiras típicas da idade, o que garante muita bagunça e passagens divertidas. Os irmãos adoram pregar peças uns nos outros e divertir as crianças no porto de uma cidade encenando histórias de piratas. As risadas só dão espaço para a preocupação quando o assunto é Champ-Bleux. Exceto o caçula, Bobby, todos fizeram os exames para ingressar na escola e agora vivem a expectativa pelos resultados... Quem passou? Quem não conseguiu?

O clima de aventura de uma família que vive no mar, pouco a pouco vai abrindo espaço para a entrada de outros personagens e, com eles, muitos mistérios e um novo mundo: Tarilian. Descoberto por astronautas terráqueos e com uma ciência mais avançada que a da Terra, tem como habitantes os tarilianos - nada parecidos com os alienígenas com os quais estamos acostumados. 
As relações entre a Terra e Tarilian nunca foram totalmente boas. Parecidos em muitos aspectos, os dois mundos têm também suas diferenças, que vez ou outra são motivos de atritos. E é justamente uma confusão diplomática entre eles que acaba sobrando para a família Melbourne.

Dos dias ensolarados à bordo de um barco de pesquisas somos levados a Cidades Espaciais, conhecemos astronautas, cientistas famosos, Casas, Linhagens... Cisne é composto de muitas histórias que se entrelaçam para formar uma trama completamente diferente de tudo o que eu já tinha lido. A leitura foi cheia de altos e baixos, me prendendo muito em determinados momentos, mas sendo cansativa em outros. Os capítulos são relativamente grandes e quase não há narrador, a história é contada basicamente através dos diálogos.

É inegável, porém, a criatividade da autora ao construir com tantos detalhes um enredo tão complexo. O cuidado com cada pedacinho da trama é evidente a cada linha. A história contada por ela é também muito original, não é o tipo de livro que durante a leitura nos faz pensar que já lemos aquilo antes. Não mesmo! Cisne é surpreendente.


Além da criatividade na escrita, o que também não falta em Cisne são personagens. Eles são muitos! E exigem bastante atenção do leitor para acompanhar cada um sem ficar perdido. Mistérios também existem aos montes. Muitos deles vamos descobrindo junto com os personagens, outros nos são contados por suas vozes e alguns só descobriremos nos próximos livros. Eleonor, aliás, soube muito bem como deixar um gancho para o volume seguinte da série.

Para quem gosta de aventura e ficção, Cisne é uma boa pedida!

9 comentários:

  1. Oiee ^^
    Quando li esse livro, precisei anotar os nomes dos personagens para lembrar quem era quem...haha' mas lá pelo meio do livro já conseguia diferenciar os gêmeos. É um dos meus livros favoritos, e mal vejo a hora de ler Linhagens ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Sou apaixonada por essa série..
    Felizmente não tive problemas com os nomes, não me perdi uma vez sequer, talvez quando sair a continuação eu tenha algum probleminha já que faz um tempinho que li o segundo volume.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estou com o livro aqui, preciso ler logo! Vejo tantas resenhas elogiando a obra! *-*
    bjs
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  4. Amei a resenha, acho interessante esse tipo de livro, não li ainda, fiquei com vontade de ler agora *-*
    http://palavrasinquebraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. \o/
    Obrigada pela linda resenha, Carla! Cisne, sua tripulação e amigos agradecem do fundo do coração!
    Beijos,
    Eleonor

    ResponderExcluir
  6. Oi Carla.
    Eu tenho esse livro no kindle, mas a falta de tempo me impediu de iniciar essa leitura, é um livro tão grande rsrs.
    E saber que ele tem um enredo complexo, numa história cheia de detalhes e com muitos personagens, me exige muita atenção e leitura tranquila, se eu deixar passar um detalhe, sei que vou ficar perdida rsrs.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  7. Aii adorei! A capa do livro não me atrai muito, mas isso é o e menos porque vejo ótima resenhas sobre a obra. Agora em nenhuma falaram que ele era tão original assim. Fiquei feliz em saber e minha vontade de ler aumentou ainda mais.
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  8. Oiee Carla, saudades do teu cantinho, prometo vim mais vezes!!
    Então menina, esse é um livro que tenho muita curiosidade em ler a tua opinião só veio aguçar esse meu desejo, contudo confesso que o volume do livro e sabe que a continuação é tão grande quanto, me assusta e muito, está sendo difícil conseguir ler um beeeeeeeem rsrs porém espero ler um dia e vim me encantar tanto quanto você.

    Beliscões da Máh <3
    Blog | Twitter ||Instagram

    ResponderExcluir
  9. Nossa estou desatualizada mesmo! Não sabia que esse livro tinha uma continuação. Eu o tenho, mas ainda não li. Adorei a sua resenha. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo