Resenha: O livro do amanhã - Cecelia Ahern

Sinopse: Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali, ela encontra um livro muito misterioso. Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino.

Ganhei O livro do amanhã em um sorteio, e depois de ter lido e gostado bastante de P.S. Eu te amo, fiquei curiosa para ler mais um trabalho da Cecelia. Pois é, mas dessa a vez a história contada pela autora não me cativou tanto.

Aos 16 anos, a rica e mimada Tamara vê sua vida virar de cabeça para baixo. Acostumada com luxo, festas, conforto e tudo mais que o dinheiro pode comprar, vê-se atolada em dívidas após a morte do pai. A menina e a mãe perdem a casa onde viviam e são então obrigadas a trocar Dublin por uma cidadezinha no interior da Irlanda, onde moram os tios de Tamara. Os primeiros momentos dessa nova vida não são nada fáceis. A mãe não sai do quarto, quase não come e sequer conversa. Tamara, por sua vez, sente-se entediada sem suas amigas e sua antiga rotina, além de não se dar muito bem com os tios.

Diferente do que promete a sinopse, a biblioteca itinerante não é a grande diversão de Tamara. Nem um pouco fã de leitura, o que leva a menina a entrar no ônibus cheio de livros é o rapaz que dirige o mesmo. Lá dentro ela encontra um livro sem título e sem autor, protegido por um cadeado. Quando finalmente consegue destrancá-lo, depara-se com um diário... Com anotações do dia seguinte... Feitas com a sua letra! Até aqui tudo nos leva a crer que o diário será o grande protagonista da trama. Não é.

A casa em que Tamara e sua mãe ficam hospedadas é, na verdade, a guarita de um antigo castelo, agora desabitado e em ruínas. Como principal forma de ocupar o tempo e movida por sua curiosidade, Tamara passa os dias andando ao redor da propriedade, que guarda muitos segredos. Quem foram seus moradores? O que aconteceu com eles? Por que o castelo encontra-se agora em tais condições?

Os mistérios que cercam a história do castelo tornam-se o ponto central da trama. Em busca de respostas, Tamara descobre coisas que certamente vão surpreender o leitor. À medida que a autora foi introduzindo e esclarecendo alguns segredos, a trama foi ficando mais interessante e tornando-se capaz de prender quem está lendo.

O início da narrativa deixou a desejar um pouco. Descrições muito longas de fatos pouco importantes deixaram a sensação de estar lendo há muito tempo sem que nada de relevante acontecesse. O desfecho foi interessante, mas nenhuma explicação foi dada a respeito da origem do livro ou sobre como as anotações sobre o futuro iam parar nele. É um bom livro, mas terminei a leitura com a sensação de que poderia ser melhor.

3 comentários:

  1. Oie, tudo bom?
    Eu tenho vontade de ler outro livro da autora porque não curti P.S Eu te Amo tanto assim e acho que foi por causa da história e não por causa da Cecelia. A premissa do livro é interessante, mas parece que ela deixou de explorar o que é importante.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu tenho este livro, mas ainda não o li. Nunca tinha lido nenhuma resenha sobre ele, e devo dizer que a sua me desanimou um pouco, provavelmente ficará no final da minha lista de leitura.
    Ótima resenha, muito bem argumentada.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carla!
    Poxa.. Essa é a segunda resenha não muito positiva que
    eu leio sobre esse livro. Só que por motivos diferentes.
    Já ouvi outras pessoas reclamarem da personagem e do fato
    dela ter uma personalidade muito irritante. É bom que assim,
    se eu decidir mesmo ler, não vou com muitas expectativas, mas
    ainda assim fiquei curiosa pra ver o desenrolar da trama e do
    que acontece com esse diário misterioso.

    Beeijos,
    Sala de Leitura

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo