Virou filme: P.S. Eu te amo - Cecelia Ahern

Olá, pessoal! Hoje trago pra vocês uma coluna nova do blog: Virou filme. Como o nome já diz, a idéia é apresentar aqui livros que foram adaptados para o cinema e falar um pouquinho do livro e do filme. Para inaugurar escolhi P.S. Eu te amo, da Cecelia Ahern, pois li o livro e assisti ao filme recentemente, então ambos estão bem fresquinhos na memória.

Sinopse: Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.

Após perder o marido com quem estava desde os tempos da escola, vítima de um tumor cerebral, Holly sente-se sem chão. Mesmo após terem se passado alguns meses desde a partida de Gerry, ela continua sem ânimo até para fazer as coisas mais simples, como tomar banho. Sua casa está de pernas pro ar e a geladeira vazia. Sem emprego, sem vida social e com pouco contato com familiares e amigos, ela passa os dias com o roupão do falecido marido. 

A situação começa a mudar quando sua mãe telefona dizendo que há um pacote para ela em sua casa. Gerry! Mesmo doente, reuniu as forças que ainda lhe restavam para cuidar da esposa, que ele sabia que ficaria sozinha dentro de pouco tempo: escreveu uma lista de coisas que Holly deveria fazer ao longo de 10 meses. Os itens da lista foram divididos em 10 envelopes, que deveriam ser abertos somente no mês correspondente.

Alguns itens da lista são mais reflexivos, uns mais práticos e outros resultam em situações divertidíssimas. O que todos têm em comum, porém, é a capacidade de ajudar Holly em seu processo de luto. Gerry conhecia muito bem a esposa e isso fica muito claro a cada envelope aberto. Todas as recomendações foram pensadas para ela, para ajudá-la nessa caminhada tão difícil.

Apesar de a história ser centrada em Holly e nos bilhetes, existem outros personagens importantes no livro: as amigas Denise e Sharon, seus irmãos Jack, Ciara e Richard, seus pais e Daniel, dono de um pub que ela passa a frequentar.

À primeira vista pode parecer um livro triste, mas não é bem assim. Cecelia Ahern conseguiu dosar bem tristeza e alegria ao longo da trama. Como num processo normal de luto, Holly tem altos e baixos e a autora retratou esses momentos de forma bem natural e real. Outro ponto positivo na escrita de Cecelia, é que só conhecemos Gerry pelos bilhetes deixados para Holly e pelo sofrimento que sua partida causou e, mesmo assim, é possível sentir o quanto o amor dos dois era forte e verdadeiro.



O filme foi lançado em 2007 (2008 no Brasil) e tem Hilary Swank no papel de Holly. 

O elemento principal do livro, a lista de Gerry, está presente na adaptação, mas muitas coisas importantes do livro ficaram de fora - inclusive personagens - ou foram modificadas - como a forma como os envelopes chegam até Holly e o local onde se passa a história. Sabemos que adaptações sempre trazem uma mudança ou outra, mas achei que no caso de P.S. Eu te amo elas foram um pouquinho além do necessário.

O filme é bom pra quem é fã de romances, mas achei o enredo melhor trabalhado no livro. A história de Holly e Gerry continua linda, porém o livro foi muito mais emocionante pra mim. O final também é diferente e o escolhido pela Cecelia Ahern foi bem mais condizente com toda a história.


E vocês, o que acham?

17 comentários:

  1. Ah eu estou com esse livro pra ler não vejo a hora de começar!! >.<

    ResponderExcluir
  2. Oi Carla,
    Adoro o filme, um dos meus favoritos.. acho lindo mesmo.

    Ainda estou para ler o livro!
    Espero não desgostar quando assistir a adaptação, depois

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei o filme, chorei horrores... me emocionei... precisei de chocolates e tudo o mais... Já o livro foi mais reflexivo, mas terno, menos dramático... Ambos são bons, mas acho que você está certa, são tantas mudanças no roteiro e enredo da história que a gente quase pode dizer que filme e livro são duas histórias diferentes com os mesmos personagens, mas ambas boas histórias.

    Beijos, Pandora.

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla,
    O filme eu já assisti e amei! Simplesmente perfeito!
    Estou com o livro aqui para ler, com certeza será uma das minhas próximas leituras.
    beijos

    Aline
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei de ambos: do livro e da adaptação cinematográfica. Não achei que as coisas foram além do necessário porque se eles fossem seguir tudo aquilo que estava no livro, o filme não ficaria tão bom... por ficar mais parado. Mas, cada um com sua opinião, certo?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu até gostei do filme, mas concordo com vc. Mudaram tantas coisas que acabou descaracterizando um pouco a história da Cecelia. Não ficou ruim, mas tb curti mais o livro.

    ResponderExcluir
  7. Eu li o livro somente e até que gostei, Não sei se eu iria gostar do filme, mais espero assistir em breve
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  8. Acredita que não vi o filme e ainda nem li o livro? rs... Pois é.


    bjokas =)

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li o livro nem assisti ao filme, mas tenho vontade, me parece uma obra maravilhosa. Espero poder tirar este atraso em breve.

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Eu não consegui me emocionar com esse livro. É interessante a questão do amor que o Gerry tem pela Holly, mas apenas isso. O filme realmente é bem diferente do livro, pois muitas coisas legais não foram colocadas.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Eu amei o livro e também gosto do filme, mesmo cada um tendo suas diferenças ainda são muito emocionantes, mais claro que o livro você ve mais o sofrimento do personagem.

    mentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu não li este livro, mas amo o filme. Chorei tanto.
    Um filme realmente muito lindo.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Tá aí um bom exemplo de livro/filme onde um é quase que totalmente diferente do outro, particularmente achei o livro bem melhor.

    Beijo, Van- Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu ganhei o livro mas como não gostei do filme eu o dei de presente, gosto de romance mas este não me agradou infelizmente.
    Bjs
    http://meupassatempoblablabla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Carla obrigada pela visita no blog, e adorei conhecer o seu e estou seguindo!
    Ps eu te amo é meu filme favorito para aquelas tardes para relaxar, quando comprei o DVD ele veio com um pingente muito fofo, mas ainda nao li o livro kkk!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  16. Um livro e um filme que me fizera chorar, adorei esse livro e filme também ficou legal...

    http://amolivrosdeverdade.blogspot.com.br/

    Obrigada pela visita =D

    ResponderExcluir
  17. Oi Carla, tudo bem?
    Assisti o filme e adorei! Fico morrendo de vontade de ler o livro toda vez que assisto ;)

    Beijos,
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo