Resenha: Pobre não tem sorte - Leila Rego

Sinopse: Toda garota do interior sonha em se casar com o cara de seus sonhos, ter uma casinha, filhos e ser feliz até que a morte os separe, certo? E se esse cara for lindo, rico, super fashion e divertido? E se tal "casinha dos sonhos" for um mega apartamento no melhor bairro da cidade? Uau! Mariana encontrou o cara perfeito e vai se casar com ele! E nada de casinha! Isso é coisa de gente que pensa pequeno. Mariana vai ter o apartamento dos sonhos que já vem incluso no pacote: case com um homem rico e vá morar em grande estilo. E quanto a filhos e ser feliz até que a morte os separe... Bem, ela ainda não pensou nesses detalhes. Afinal as prioridades vão para as coisas bem mais interessantes como, por exemplo, o vestido de noiva perfeito, o que o colunista vai dizer sobre o seu casamento no tablóide de domingo, o que as amigas e inimigas irão comentar, quem entrará na lista de convidados para sua despedida de solteira, etc. Mas isso só sura até um dia em que Mariana... Bom, leiam o livro e descubram.

Devo confessar: não sou super fã de Chick Lit, mas não resisto a uma história leve, divertida e bem contada. Preciso fazer outra confissão: comecei a ler Pobre não tem sorte umas três vezes e parei. Explico. Mariana, a protagonista, mora com os pais e a irmã adolescente em um pequeno apartamento de uma bairro simples de Prudente. Formada em turismo, trabalha em um hotel por um salário insuficiente para dar conta de seus desejos. Sempre preocupada com que roupa vestir (repetir, nem pensar!), que bolsa usar, com o que as pessoas vão pensar dessa ou daquela atitude, enfim, leva uma vida de aparências. Além disso, tem algumas falas um pouco preconceituosas, esconde das supostas amigas ricas onde mora, sua real situação financeira e sua família. Por ter valores muito diferentes dos meus, foi antipatia à primeira leitura! Passado o choque de valores, a leitura fluiu e se tornou divertida. Sim, o jeito fútil de Mariana passa a ser engraçado em alguns momentos e tudo fica mais leve.

Narrado em primeira pessoa, o livro começa do meio, num momento muito importante, e pouco a pouco os personagens vão sendo apresentados. Como todo Chick Lit, há um par romântico para Mariana: Edu. Lindo, inteligente, médico e... rico! Quando os dois ficam noivos, parece que finalmente todas as preces de Mari serão atendidas. Mas, como "pobre não tem sorte", muita coisa acontece a partir daí.

Um dos pontos positivos do livro é a mensagem que ele traz por trás do consumismo, da ambição e da futilidade da protagonista. Isso fica mais claro no final (que foi outra coisa que gostei bastante), mas pode ser pensado ao longo de toda a leitura. Quais são seus valores? Quem é você de verdade? Ter é mais importante do que ser? 

Encontrei muitos erros de revisão ao longo do livro. Não comprometem a leitura, mas alguns são grosseiros e me incomodaram bastante.

O jeito de Mariana me irritou muito em vários momentos. Apesar de ter 26 anos, em algumas situações suas atitudes e pensamentos destoam completamente do que se espera de alguém com essa idade. Mas a autora conseguiu dar uma virada na história da personagem que me fez até passar a torcer por ela, ainda que lá para o finalzinho do livro. Com certeza vou ler a continuação porque o final me deixou curiosa. 


Sobre a autora: 



Leila Rego nasceu em 1974, morou em Alta Floresta, onde não havia nem mesmo energia elétrica, sua infância foi repleta de histórias, livros e brincadeiras. Cursou turismo (assim como a Mari), e atualmente vive no interior de São Paulo, com o marido e os dois filhos. Escreveu Pobre Não tem Sorte, e Pobre Não Tem Sorte 2, e participou do projeto Novas Letras. Conheça o site da autora.

18 comentários:

  1. Oi Carla, tudo bem?
    Tinha visto este livro e achei fofa a sinopse.
    E deixa todo mundo curioso..
    A autora teve suas histórias também quando pequena né.

    BEIJOS
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu vi esse livro e achei o título dele muito bom. Por exemplo, quando eu quero uma roupa ou qualquer outra coisa, eu começo a juntar dinheiro e quando eu vou lá: não tem meu número, era a ultima peça e tc. Eu sempre falo "pobre não tem sorte" e quando eu vi esse livro comecei a rir sozinha porque eu sempre falo isso. Sou muito diferente da Mariana mas uso muito essa frase. hahaha
    Desde quando eu vi o livro eu tenho vontade de ler e agora com a resenha eu acabei lembrando que preciso ler esse. Gosto de chick-lit e provavelmente eu vou adorar o livro.

    O novo layout do blog ta lindo, Carla. Amei! ♥

    Bjs!
    http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Beatriz! Que bom que gostou porque fui eu que fiz! :P
      Beijinhos!

      Excluir
  3. Sempre vejo esse livro nos blogs e fico com vontade de comprar, apesar de achar que também vou achar a Mariana uma pentelha! Kkkkkk! Vc mudou o layout, né? Que lindo que tá!!

    ResponderExcluir
  4. Tenho muita vontade de ler algo da autora, mas confesso que esta protagonista não me deixou muito animada. Mas acho que vale a pena dar uma chance.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oi Já li esse livro e achei bem engraçadinho:D
    As besteira que a Mariana faz são muito loucas :D :D

    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  6. Também não curto muito esse gênero, mas daria uma chance para esse livro porque já vi várias resenhas positivas!^^
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  7. Que engraçado, visitei seu blog por acaso, e PNTS foi o meu primeiro e último livro resenhado lá no blog, sem contar que a Leila é uma fofa, né? Eu gostei bastante do livro, e senti uma saudadezinha dos personagens assim que terminei o segundo livro da série. Ei, se você gostar de textos, te convido a visitar o meu cantinho, espero que leia, e que goste. Um super beijo

    http://venenosemacas.blogspot.com.br/

    P.S: e nossa visão sobre a Mari, foi super diferente.

    ResponderExcluir
  8. Oi Carla,
    Primeiramente, amei o novo lay..
    Com relação ao livro, tinha muita vontade de ler o livro, porém não sou muito fã de personagens imaturas, esse fato me fez pensar um pouco se quero ou não embarcar nessa leitura

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Melhor chick -lit que já li na vidaaa, amo demais, nunca ri tanto com um livro como ri com este.

    Recomendo sempre também.

    Beijão, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu tinha uma vontade enorme de ler esse livro, mas quando descobri a personalidade da personagem desisti. Por mais que em algum momento ela possa mudar, se tornar melhor, seria uma tortura pra mim tanta futilidade em uma personagem. Esse é um dos motivos que me faz fugir de um chick-lit.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
  11. Voltei para dizer, que já coloquei seu link no meu blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leticia! Já coloquei o seu aqui também! ;)

      Excluir
  12. Nossa!!! Estamos de visual novo?! O blog ficou lindoo!!! Foi vc mesma que fez?? Eu tenho ouvido falar super bem desse livro. Acho a capa dele linda. Muito boa a sua resenha.
    Bjokas

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Kelly! Eu que fiz, sim. Nunca tinha feito, mas acho que deu certo, né?! Que bom que gostou! ;*

      Excluir
  13. Um dos livros brasileiros que mais tenho vontade de ler. Parece tão divertido e envolvente. Sua resenha só me deixou com mais vontade.
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Adoro chick-lits! São tão leves e bem-humorados que não me canso da leitura e devoro tudo de uma vez! A capa é super atraente e o título nem se fala, né ? Tudo a ver com meus pensamentos diários hehe.

    Adorei a resenha, só me deu mais vontade de ler!
    Beijinhos

    Paixão de Leitora

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo